A história da mulher na computação

mulher-na-computacao-300x81

Ao longo da história parece que não temos grandes nomes femininos na área da computação. O interesse das mulheres por computadores não foi lá muito promissor e o número de programadoras é muito baixo. Mas afinal, será que as mulheres sempre foram desligadas nessa área? Vejam algumas mulheres que se destacaram no mundo da informática e contribuíram muito para o desenvolvimento dessa tecnologia.

Os primeiros passos do sexo frágil

A primeira mulher que veio para mudar a inclusão destas na informática foi uma inglesa no śeculo XIX. Após conhecer as ideias da máquina analítica de Charles Babbage, que é um pioneiro da computação, a matemática Ada Augusta Byron King criou um algoritmo para o cálculo de Bernoulli, ficando conhecida como a primeira mulher programadora da história.

Outra mulher que foi uma das importantes mulheres na área de computação foi a americana Grace Murray Hoper, que trabalhou na programação da série de computadores Mark I, um dos primeiros computadores digitais. Hoper também idealizou o conceito de sub-rotinas no qual se aproveita módulos de comandos para diminuir tempo e esforço, e é a responsável pelos termos “bug” e “debugging” após descobrir que uma mariposa (bug) estava atrapalhando os circuitos de uma máquina. Além disso, Grace Hoper achava que as linguagens deveriam ser mais amigáveis e desenvolveu uma linguagem baseada no inglês chamada FLOW-MATIC, uma linguagem muito utilizada na época e que ainda exerceu grande influência na linguagem COBOL, que é umas das linguagens usadas até hoje.

Participação no desenvolvimento do Eniac

Nos anos 40 foi criado o Eniac, um dos primeiros computadores da era da Informática e mais uma vez tínhamos as mulheres contribuindo para o projeto. Ao todo eram seis mulheres que faziam parte do Corpo Voluntário Feminino para Emergências (WACS em inglês), e tinham um trabalho árduo de realizar cálculos balísticos.

Por volta dos anos 60 uma americana chamada Dana Urely foi a primeira mulher engenheira a participar de um projeto da Nasa, em Pasadema (Califórnia-EUA). Ela participou da criação de algoritmos que automatizaram o sistemas de rastreamento de tempo real da NASA’s Deep Space Network.

No Brasil

Aqui no Brasil temos mulheres que estão entre os principais cargos na área da computação. Uma grande profissional da área é Dilma M. da Silva, Ph.D em Ciência da Computação pelo Instituto de Tecnologia da Geórgia em Atlanta. Atualmente ela é gerente do grupo de pesquisa avançada de Sistemas Operacionais da IBM em Nova Iorque. Não podemos deixar de citar Juliana Freitag Borin também Ph.D em Ciência da Computação, que é escritora da revista SBC Horizontes e atualmente mantêm um blog sobre mulheres brasileiras na tecnologia da informação. Há também a Cláudia Maria Bauzer Medeiros, doutora em Ciência da Computação pela Universidade de Waterloo, Canadá. Cláudia foi presidente da Sociedade Brasileira de Computação de 2004 a 2007.

Outras mulheres importantes:

Adele Goldberg participou da criação da linguagem orientada a objeto Smalltalk-80;

Emmy Noether pesquisou álgebra abstrata que forneceu os fundamentos para a criação da linguagem PROLOG;

Lois Haibt desenvolveu um analisador de expressão aritmética, componente essencial para o compilador FORTRAN;

Sister Mary Kenneth Keller participou no desenvolvimento da linguagem BASIC.

Vi aqui.

// Comente!

comentários

Olá, eu sou a Gabi e eu criei o "Eu Faço Programas" em 2011, quando ainda trabalhava em desenvolvimento web. Atualmente meu trabalho é focado em estratégia digital e redes sociais. Quer saber mais? www.imgabi.com

2 Comentários

  • Responder maio 22, 2012

    Márcia Lima

    Bacana a matéria,mas infelizmente é grande o preconceito nesta área,sou formada e até o momento não conseguir trabalho na área,pois a maioria já coloca assim : “Requisito: masculino”,putz!. Acham que mulher não sabe desenvolver bem :/

  • Responder dezembro 10, 2012

    Francis JS

    Qual sua formação Márcia?
    Você é de qual cidade/estado, quanto tempo já está formada?
    A empresa que trabalho tem uma divisão apenas feminina de programadores.
    Estamos admitindo em Delphi, contratação imediata se preencher os requisitos profissionais.

    Entre em contato: francisjjs@hotmail.com

// Siga as boas práticas: Comente!