Fluxo e Papéis do SCRUM

Em um post anterior fiz um overview sobre a metodologia ágil SCRM.

Navegando por aí encontrei um artigo ótimo falando mais detalhadamente sobre o fluxo e papéis no SCRUM, cujo autor é  o Ricardo Fernandes Luiz, que trabalha com desenvolvimento de sistemas desde 1998.

Tomei a liberdade de inverter a ordem do tópicos, exlicando primeiramente quais são os papéis no SCRUM.


 Os papéis no SCRUM

Product Owner (PO): Possui a visão do produto e do retorno que o projeto trará para a empresa e para os envolvidos, logo sua missão é cuidar do Product Backlog, planejar releases, priorizar requisitos e passar ao time uma visão clara sobre os objetivos do projeto.

ScrumMaster (SM) : Exerce um papel de liderança no processo, mas ele não centraliza decisões, seu papel é guiar o time e a empresa para a auto-gestão, combatendo o comando-controle. O papel de S.M não possui autoridade alguma perante o P.O ou o Time. A responsabilidade do Scrum Master é manter o foco no processo, remover impedimentos da equipe e auxiliar na comunicação entre equipe e P.O.

Time: O time é uma equipe multidisciplinar que realizará a implementação do produto / projeto. O time deve manter a auto-gestão de suas atividades. Devem ser comprometidos e responsáveis em realizar o trabalho necessário para atingir a meta da sprint.

Fluxo do Scrum

O Product Owner (PO) define a Visão do Produto, ou seja, a necessidade que deve ser atendida ao fim do projeto. O PO representa aqui os desejos do cliente, colhendo informações junto a clientes, usuário final, time, gerentes, steakeholders, etc.

O PO quebra o produto em uma lista de necessidades que precisam ser produzidas para que a visão do produto seja atingida. Essa lista é chamada de Product Backlog. O ScrumMaster pode auxiliar o PO na elaboração desta lista. O ponto mais importante é que esta lista deve ser priorizada de acordo com o ROI, ou seja os itens que geram o maior retorno de investimento para o cliente devem estar no topo, com uma granularidade pequena, para que seja possível entrar no desenvolvimento. O Scrum Maste pode auxiliar o PO neste processo.

No início de cada iteração (Sprint), o time realiza o Planning Meeting. Nessa reunião planeja-se e defini-se o que será entregue ao final da Sprint, de acordo com a priorização do Product Backlog, o Product Owner indica quais itens do PB devem ser atendidos.

O time decompõe cada item selecionado do Product Backlog em tarefas técnicas, gerando assim o Sprint Backlog.

Cada membro seleciona suas tarefas do Sprint Backlog e as estima em horas.

Durante a execução de uma Sprint, vale a Engenharia definida para o projeto.

O ScrumMaster remove impedimentos e garante a utilização do SCRUM.

O time executa as tarefas do Sprint Backlog e, caso tenha necessidade, consulta agentes externos e também o Product Owner.

Diariamente o time realiza o Daily Meeting (15 minutos), uma reunião onde cada membro deve responder:

-O que eu fiz desde a última reunião?

-O que eu pretendo fazer até a próxima reunião?

-Tive algum impedimento?

O ScrumMaster deve facilitar essa reunião e auxiliar o time, porém a reunião não é para ele, e sim para o time.

Após se completar as tarefas de uma Sprint, é realizada a Review Meeting, onde o time apresenta ao Product Owner e convidados, o que foi feito.

O Product Owner vê a demonstração do produto criado e verifica se a meta da Sprint foi atingida.

Finalmente, realiza-se a reunião de Retrospectiva, facilitada pelo ScrumMaster, onde o time deve avaliar:

–          O que foi bom?

–          O que pode ser melhorado?

–          Quem está no controle?

O Product Owner pode participar, caso o time ache necessário.

// Comente!

comentários

Olá, eu sou a Gabi e eu criei o "Eu Faço Programas" em 2011, quando ainda trabalhava em desenvolvimento web. Atualmente meu trabalho é focado em estratégia digital e redes sociais. Quer saber mais? www.imgabi.com

// Seja o primeiro a comentar!