Trabalho Freelancer: quanto cobrar?

Cobre muito caro e perca a oportunidade. Cobre muito pouco e você pode acabar se arrependendo e isso pode culminar em um resultado inferior. Então qual a melhor maneira de tarifar um projeto freelance, ganhar o trabalho e deixar você e seus clientes felizes?

  • Seu preço base

Pra começar, você precisa acertar sua base de ganhos por hora. Qual o mínimo de dinheiro que você precisa pra cobrar pra cobrir suas despesas sem fazer lucro em cima? Isso, amigo freelancer, é seu preço-base. Assim que você estabelecer uma base e começar a entender quer receber um centavo a menos seria ruim (um projeto de prejuízo) vai ficar mais fácil de determinar quanto de lucro você quer fazer. Logo, isso vai fornecer um seguro viável para seus projetos e pode ajudar a colocar um preço no seu trabalho no mercado competitivo atual.

Acima de tudo, definir um preço-base é sobre ser honesto consigo mesmo. Se você não for razoável quanto ao valor que quer cobrar de um cliente, você apenas estará enganando a si mesmo e no final das contas pode acabar se queimando.

Chegando a esse preço-base requer um pouco de cálculo e um pouco de adivinhação. Quantas horas por semana você crê que vai trabalhar em um projeto? Pegue o mínimo em dinheiro que você precisa pra sobreviver e divida por esse número de horas. Por exemplo, se você precisa de R$ 500,00 ao mês pra pagar o aluguel e pode trabalhar apenas 6 horas por dia, 5 dias por semana durante quatro semanas (um mês), isso seria igual a R$ 500/120h = R$ 4,16 por hora para sobreviver.

  • Lucrando

Lucrar não é cobrar um preço absurdo do cliente. Lucrar é um prêmio pelo seu trabalho que contribuiu com o crescimento do negócio ou empresa do seu cliente. Adicionalmente, considere que seu trabalho é diferente dos outros. Ou seja, seu atendimento ao cliente é melhor, você é mais rápido que os outros freelancers ou talvez a qualidade do seu produto final é maior que os de outros competidores.

Lucro é simplesmente uma porcentagem adicional ao seu preço por hora. Essa porcentagem pode ser qualquer uma, mas você precisa se justificar para que seja realista. Claro, você poderia tentar ganhar 100% acima do seu preço, mas o freelancer que decide ir por essa rota está em sério perigo de diminuir seu lucro a longo prazo.

Sempre conte como você é único ou seus serviços como freelancer são top de linha. Você não precisa estar entre os top 3% do seu campo para ser único – um dos pontos positivos pode ser seu atendimento ao consumidor ou que você termina seus projetos antes de qualquer um. Por serviços especiais assim, você pode aumentar seu lucro um pouco mais já que está oferecendo algo que nenhum outro pode oferecer.

  • Quanto tempo pode demorar esse projeto?

O ingrediente final que precisamos adicionar á fórmula é um cálculo preciso do número de horas necessárias para completar o projeto. A chave para descobrir quanto tempo você vai demorar é fazer um briefing com seu cliente. Um briefing serve não só para definir o que o seu cliente quer feito, mas também para ficar de olho no que pode ser feito, como pode ser feito e como estabelecer regras para que seu cliente não decida mudar tudo na última hora. Um briefing deve estabelecer claramente o que o cliente quer. Assim, você pode definir quanto vai cobrar pelo que está escrito no documento. Se o cliente decidir mudar algo ou pede por algo extra que não está incluso no documento, então o freelancer têm todo o direito de cobrar a mais pelo trabalho extra.

Tendo um briefing em mãos, você já vai poder calcular o tanto de horas que vai demorar pra ser finalizado (assumindo que você saiba como fazer tudo que foi pedido). Conhecer todo o escopo do projeto vai resultar em uma forma mais precisa de cálculo de tempo. Agora temos seu valor-base, sua porcentagem de lucro e o número de horas que vai demorar para finalizar um projeto. Está na hora da…

  • Fórmula mágica

Vamos usar como exemplo os dados anteriores. Você vai trabalhar por R$ 4,16 a hora e vai lucrar 50% (+ R$ 0,41/h). Ou seja, estará ganhando R$ 4,57/hora. Supondo que o projeto vai demorar dois meses para completar. Seis horas ao dia, durante dois meses (tirando os finais de semana e supondo que não haja feriado durante esses dois meses), serão um total de 240 horas. Logo, R$ 4,57/h x 240h = R$ 1096,80. Pra não ficar valores quebrados assim, vamos arrendondar para R$ 1100,00.

Mas, peraí. Isso é óbvio, não é? Não. Muitos freelancers lá fora, quer sejam escritores, designers, programadores ou músicos continuamente falham em criar regras de trabalho quando o assunto é cobrar o projeto adequadamente. Freqüentemente (e isso é verdade para novos freelancers) existe uma tendência de cobrar um preço abaixo do mercado; talvez pelo fato de que não têm idéia de quanto devem cobrar, talvez porque eles estão tão preocupados com adversários em potencial e acham que quanto menor o preço, melhor o preço, mas muito mais freqüentemente é porque eles não acertaram seu preço base, o lucro que querem ganhar em cima e o número de horas que vai demorar para completar um projeto.Crie seu próprio preço-base e lucro e nunca ofereça um preço para um trabalho que seja menos do que você precisa pra sair sem prejuízo. Faça essas coisas básicas e seu preço sempre estará certo!

Achei super interessante e resolvi compartilhar com vocês! Vi aqui.

// Comente!

comentários

Olá, eu sou a Gabi e eu criei o "Eu Faço Programas" em 2011, quando ainda trabalhava em desenvolvimento web. Atualmente meu trabalho é focado em estratégia digital e redes sociais. Quer saber mais? www.imgabi.com

7 Comentários

// Siga as boas práticas: Comente!