10 códigos úteis em PHP para se ter na mão

Algumas operações são tão comuns em nossos projetos que é sempre bom se ter na mão uma ‘tabelinha’ com as funções da linguagem que realizam esses procedimentos. Confira a seguir 10 códigos úteis para se trabalhar em um projeto PHP.

01. Buscar um caracter específico em uma string e substitui-lo por outro

[code language=”php”] $texto = ‘oi-eu-sou-um-texto’;
$resultado = str_replace(‘-‘, ‘ ‘, $texto);
echo $resultado; // oi eu sou um texto
[/code]

02. Fazer uma comparação If/Else em uma linha

[code language=”php”] $var1 = 5;
$var2 = 1;
echo $var1 > $var2 ? ‘var1 é maior que var2’ : ‘var2 é maior que var1’; // condição ? caso true : caso false
[/code]

03. Obter a URL da página em que se está

[code language=”php”] $url = $_SERVER[‘HTTP_HOST’];
echo ‘A URL atual é ‘.$url;
[/code]

04. Redirecionamento de endereço

[code language=”php”] header(‘Location: http://www.eufacoprogramas.com’); // Redireciona o usuario para eufacoprogramas.com
[/code]

05. Detectar o navegador do usuário

[code language=”php”] $useragent = $_SERVER[‘HTTP_USER_AGENT’];
echo “<strong>Seu navegador é</strong>: ” . $useragent;
[/code]

06. Validação de e-mail

[code language=”php”] $email = $_POST[‘email’];
if(!preg_match(“/^[a-zA-Z0-9_.-]+@[a-zA-Z0-9-]+.[a-zA-Z0-9-.]+$/”,$email)) {
echo ‘Email inválido.’;
}
[/code]

07. Enviar e-mail

[code language=”php”] $dest = “destinatario@gmail.com”; //Email de destino
$assunto = “Assunto”; //Assunto
$corpo= “Corpo da mensagem. É permitido o uso de HTML.”; //Corpo do e-mail
//Cabecalho do email
$headers = “De: Gabriella fonseca.gabriella@gmail.comrn”; //Remetente
$headers .= “X-Mailer: PHP5n”;
$headers .= ‘MIME-Version: 1.0’ . “n”;
$headers .= ‘Content-type: text/html; charset=iso-8859-1’ . “rn”; //
mail($dest,$assunto,$corpo,$headers);
[/code]

08. Loop Simples

[code language=”php”] for($j = 0 ;$j < 10 ;$j++){
echo ‘Essa frase vai ser escrita 10 vezes
‘;
}
[/code]

09. Obter o IP do usuário. Essa função não funciona localmente./span>

[code language=”php”] $ip = $_SERVER[‘REMOTE_ADDR’];
echo $ip;
[/code]

10. Contar quantos caracteres ou palavras há em uma string

[code language=”php”] // Para contar caracteres
$str = ‘abcdef’;
echo strlen($str); // 6

// Para contar palavras
$str2 = ‘aqui são quatro palavras’;
echo str_word_count($str2); // 4
[/code]

Traduzido de Web.Tursos

// Comente!

comentários

Olá, eu sou a Gabi e eu criei o "Eu Faço Programas" em 2011, quando ainda trabalhava em desenvolvimento web. Atualmente meu trabalho é focado em estratégia digital e redes sociais. Quer saber mais? www.imgabi.com

5 Comentários

  • Responder julho 17, 2012

    André Santos

    Boas dicas!

    Só tenho duas observações:

    – No item 3, $_SERVER[‘HTTP_HOST’] na verdade retorna apenas o nome do host. Basicamente, para pegar a url completa dá pra usar “$_SERVER[‘HTTP_HOST’] . $_SERVER[‘REQUEST_URI’]” (basicamente, porque se for preciso pegar a url com protocolo e porta dá um pouquinho mais de trabalho);

    – E no item 6, além de usar uma expressão regular para validar o e-mail, também funciona usando filter_var:
    if(filter_var($email, FILTER_VALIDATE_EMAIL) !== FALSE) { … }

    É isso 😛

  • Responder janeiro 9, 2013

    Elvis

    Acho importante dizer que no item 04. Redirecionamento de endereço
    está sendo utilizado a função “header” a qual à partir do php 5 só se pode usar no começo da página…

    Então caso no meio de sua página tenha-se um if($conteudo == …){ você não poderia usar um header, então eu recomendo procurar funções alternativas como por exemplo o utilizando está função que eu fiz com Php + JavaScript

    function redireciona($link){
    if ($link==-1){
    echo” history.go(-1);”;
    }else{
    echo” document.location.href='”.$link.”‘”;
    }
    }

    OBS: Para utilizar a função é só você definir o valor de $link = “www.SiteQueVocêQuiserDirecionaraPagina.com.br”;

    e em seguida executar a function da seguinte forma:
    redireciona($link);

    • Responder fevereiro 6, 2013

      Rodrigo Moglia

      Na verdade função header só pode ser utilizada antes que qualquer saida seja enviada ao navegador. Não necessáriamente no começo da página a questão é que qualquer que seja o conteúdo não pode ser enviado antes caso deseje usar a função header.

      É muito comum programadores novatos deixarem por exemplo espaços entre as tags com linhas em branco isso já conta como conteúdo por exemplo.

      imagine um config.php assim:
      ————————

      ———————————
      include “config.php”;
      header(“cabeçalho qualquer”);

      vai apresentar erro não precisa necessáriamente ser um conteúdo válido um simples espaço faz apresentar o erro. Qualquer arquivo de include com espaços pode dar erro em seu código isso é comum por exemplo para gerar imagens você pode estar usando librarias de terceiros e nem saber que tem um espaço lá e fica procurando erro como louco.

      Uma possível solução é usar as funções ob_

      // limpa o buffer de saida
      ob_clean();

      // desenha uma imagem simples
      header(“Content-type: image/gif”);
      $im = imagecreate (100, 50);
      imagegif($im);
      imagedestroy($im);

      Não é uma técnica que uso com frequencia pois prefiro controlar todo o workflow da aplicação e não depender desta função eu faço todo o processamento e depois envio o conteúdo ao navegador quando eu acho necessário. Entretanto, dependendo do código e esperiência da pessoa pode se fazer necessário em algum momento. Espero ter ajudado.

  • Responder janeiro 21, 2013

    Daniel Moraes

    Os unicos uteis sao 6 e 7 o Resto ja sei

  • opa, curti muito esses code
    vou salvar aqui
    valeu meu querido

    Att,
    Cornélio José Wiedemann (TI & DBA)

// Siga as boas práticas: Comente!